O Essencialismo nos Direitos Humanos

O Essencialismo nos Direitos Humanos
Recomende a um amigo Adicionar aos meus livros
Em papel:
Artigo disponível, envio imediato.
R$ 39,00


"A obra O essencialismo nos direitos humanos, é fruto das pesquisas desenvolvidas pela professora Leilane Serratine Grubba durante o período em que cursou o Doutorado em Direito, mantido Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina. O livro possui por temática central a desconstrução da visão essencialista dos Direitos Humanos. As reflexões trazidas a público são ao mesmo tempo hipóteses a serem testadas e conclusões autorizadas pelas pesquisas realizadas e amadurecidas por uma pertinente e aprofundada análise teórica. O tema é estudado a partir de uma abordagem contra-hegemônica, antagônica à visão predominante, que insiste em manter uma perspectiva que coloca em muitos momentos os fundamentos dos Direitos Humanos fora da história concreta da humanidade. Por isso tudo a obra apresentada avança grandemente, superando as visões tradicionais sobre os Direitos Humanos, inserindo-os de forma efetiva no processo de construção de uma nova cidadania construída no dia a dia e não decorrentes de uma essência humana pré-existente. Isso a torna uma obra indispensável para aqueles que se preocupam com o tema. E também uma inestimável contribuição para a Teoria do Direito. Finalmente cabe ressaltar que apresentar este livro é antes de tudo uma questão afetiva. Leilane Serratine Grubba foi minha orientanda no Mestrado e no Doutorado. E parceira presente em grande parte da minha produção acadêmica nos últimos anos. Dotada de uma capacidade ímpar de produzir com qualidade, venceu com distinção e louvor todos os passos da formação acadêmica e angariou espaço próprio na academia. Essa é, com certeza, apenas a primeira de várias obras que farão parte de sua carreira com escritora e professora universitária." ? Horácio Wanderlei Rodrigues

Digite um comentário
Livros escritos por
Se os resultados não forem carregados automaticamente, pressione aqui para carregar